Ransomware Petya se espalhando rapidamente em todo o mundo, assim como wannacry

Ao contrário de outros ransomware tradicionais, a Petya não criptografa arquivos em um sistema específico, um a um.

Em vez disso, o Petya reinicia os computadores das vítimas e criptografa a tabela de arquivos mestre do disco rígido (MFT) e torna o Registro Mestre de Inicialização (MBR) inoperável, restringindo o acesso ao sistema completo ao buscar informações sobre nomes de arquivos, tamanhos e localização no disco físico.

Como se proteger?

informações mais recentes, partindo de especialistas em segurança eletrônica, indicam que o ransomware está explorando uma falha de uma versão desatualizada do sistema operacional da Microsoft.

Segundo a Kaspersky, a falha, chamada “EternalBlue”, chegou a conhecimento público pelo grupo de hackers Shadow Brokers, que vazaram, em abril, uma série de documentos sigilosos da Agência Nacional de Segurança dos EUA, a NSA.

No entanto, muitas pessoas e empresas, por falta de conhecimento ou de atenção, não atualizaram seus PCs. Por isso tantas máquinas foram vítimas do WannaCry e estão caindo diante do Petya nesta semana. Por isso a ordem no momento é atualizar o Windows o mais rapidamente possível.

Como baixar a atualização protetora

Você precisa baixar a atualização registrada como MS17-010, lançada em 14 de março deste ano. O update vale para todas as versões do Windows a partir da era Vista, incluindo Windows 7, Windows 8 e, é claro, o Windows 10. A correção resolve uma vulnerabilidade no protocolo de transferência de arquivos do sistema, o SMB.

Você precisa saber se o seu PC roda em um processador de 32 ou de 64 bits – para isso, clique com o botão direito em “Meu computador”, na pasta de arquivos da sua máquina, e depois em “Propriedades”.

Por exemplo: se você estiver no Windows 7 e tem um processador de 32 bits, baixe o arquivo identificado como “Windows 7 Service Pack 1 para sistemas de 32 bits (4012212) – Apenas segurança”. Se estiver no Windows 10, procure por um link com o mesmo nome, mas identificando o Windows 10 e o número, 32 ou 64, do processador do seu PC.

Se você tem o Windows 10 e quer saber se seu sistema está 100% atualizado, vá até as configurações do PC (aquele ícone de uma engrenagem no menu Iniciar) e clique em “Sistema”. Na barra à esquerda, clique em “Sobre”. Procure pela versão do seu sistema. Se for a 1703 ou um número maior, então você está seguro.